Inspiração | Peter Kubelka

Origem da palavra cinema -> kinectic Cinema como uma arte nobre LIVE CINEMA X VJ origem do termo VJ vindo mesmo da MTV vídeo x cinema CINEMA considerar a emissão de luz em contraponto com a sombra = CINEMA O cinema feio FRAME a FRAME e não plano a plano. Um exemplo disso são osContinuar lendo “Inspiração | Peter Kubelka”

Inspiração | Mirella Brandi x Muep

Mirella Brandi x Muep –> esculturas de luz filmes escultóricos     https://www.google.com/search?client=firefox-b-d&biw=1680&bih=931&tbm=isch&sa=1&ei=nFxwXeGwH7az5OUPi6-7sA8&q=mirela+brandi+muep+&oq=mirela+brandi+muep+&gs_l=img.3…91464

Inspiração | Robert Whitman

_ROBERT WHITMAN 1935 Artista visual que adentrou no teatro, propõe no limiar entre performance, teatro e arte contemporânea, instalação e etc Whitman é fascinado por eventos que não podem ser compreendidos em sua totalidade, mas pode ser experienciado intensamente de particular pontos de vista. Em ‘American Moon’ 1960, ele separou a plateia em túneis cenográficosContinuar lendo “Inspiração | Robert Whitman”

Inspiração | Merce Cunnigham, David Tudor & Jonh Cage

John Cage «Variations V» John Cage made «Variations V» in 1965 for the Merce Cunningham Dance Company. He and David Tudor settled on two systems for the sound to be affected by movement. For the first, Billy Klüver and his colleagues set up a system of directional photocells aimed at the stage lights, so thatContinuar lendo “Inspiração | Merce Cunnigham, David Tudor & Jonh Cage”

Inspiração | Ei Wada

_EI WADA, Japonês, com trabalhos com ventiladores e televisores. Falamos da queda do sistema e de artistas que buscam isso como linguagem.     Born in 1987. Artist/musician. Ei Wada rebuilds old electric appliances into electronic musical instruments, and creates and exhibits works of art and music performed by new and unique methods. In 2009,Continuar lendo “Inspiração | Ei Wada”

Inspiração | conceito de intermídia de Dick Higgins

Em 1966, Dick Higgins, poeta e compositor, criou o conceito de intermedia.     Dick Higgins (Cambridge, Inglaterra,15 de março de 1938 – Quebec, Canada, 25 de outubro de 1998) foi um compositor, poeta, tipógrafo e um dos primeiros artistas do grupo Fluxus, criador do conceito de Intermídia. Teorizou também sobre literatura, incluindo a PoesiaContinuar lendo “Inspiração | conceito de intermídia de Dick Higgins”

Inspiração | Horiren 1st

Biography After graduating from design college, Horiren started out working for a computer game company. While she later moved onto becoming a muralist the irezumi (traditional tattoo) captivated her, and at 30 years of age, after years of self-study, she began her career as a irezumi-shi (tattoo artist). As the first in line of irezumi-shiContinuar lendo “Inspiração | Horiren 1st”

Inspiração | Bill Viola

Bill Viola – Ocean Without a Shore | TateShots Bill Viola’s latest video installation, Ocean Without a Shore, is presented in the atmospheric setting of the church of San Gallo, Venice.       O trabalho “Ocean Without a Shore” é sobre a presença de mortos em nossas vidas. O lugar escolhido por Bill ViolaContinuar lendo “Inspiração | Bill Viola”

Inspiração | Anri Sala

Anri Sala on ‘Brilliant Ideas’ | Episode 72 Brilliant Ideas February 5th, 2018, 8:04 PM GMT-0200 An assortment of video, colour and sound, Anri Sala’s work demands your attention. Striving for communication that goes beyond the limits of language, is exhibitions challenge the viewer to question politics, music and history. Although his art can takeContinuar lendo “Inspiração | Anri Sala”

Inspiração | Leticia Parente

  Letícia Parente nasceu em 1930 em Salvador. Formada em química, mas apaixonada por arte, acabou por se aproximar de Anna Bella Geiger com quem desenvolveu grandes projetos artisticos. A partir dos anos 1970 passou a ser um dos nomes centrais da videoarte brasileira, com exposições no Brasil e no exterior, tendo sua primeira exposição individual noContinuar lendo “Inspiração | Leticia Parente”

Inspiração | 3NÓS3

3NÓS3   Histórico Formado pelos artistas plásticos Hudinilson Jr. (1957-2013), Mario Ramiro (1957) e Rafael França (1957-1991) o grupo 3NÓS3 realiza ações que questionam os espaços da cidade de São Paulo de 1979, ano em que é fundado, até 1982. Graduados em artes plásticas pela Escola de Comunicação e Artes da Universidade de São PauloContinuar lendo “Inspiração | 3NÓS3”

Inspiração | Zbigniew Rybczynski

Tango 1981 Tango es una propuesta fílmica inusual, festiva hasta el delirio. Rompe con las expectativas del espectador y transforma la sólita narración lineal cinematográfica de un modo asombroso. No hay textos escritos. No hay diálogos. No hay voz en off. No existe ningún personaje principal. No hay un único foco de atención. No hayContinuar lendo “Inspiração | Zbigniew Rybczynski”

Inspiração | Geraldo Anhaia Mello

Geraldo Anhaia Mello – A Situação “A Situação”, de Geraldo Anhaia Mello, é uma vídeo-performance de 1978. Formado pela School of Visual Arts de Nova York, Mello foi um dos artistas que se destacou na década de 1970 com a chegada da videoarte ao Brasil. Numa performance provocativa, o artista se propõe a repetir aContinuar lendo “Inspiração | Geraldo Anhaia Mello”

Inspiração | Shimabuku

japanese artist shimabuku ironically documents the history of humanity, comparing ancient tools with modern instruments to create a sort of ‘museum’ of every daily life. at the venice art biennale 2017 — presented as part of ‘viva arte viva’ curated by christine macel — shimabuku is exhibiting an installation video titled ‘sharpening a macbook air’,Continuar lendo “Inspiração | Shimabuku”

Inspiração | Ryusuke Hamaguchi

Ryusuke Hamaguchi: “Aquilo que não podemos ver, ouvir ou tocar também existe” Happy Hour: Hora Feliz é o primeiro filme deste japonês a estrear em Portugal. Um drama delicadíssimo, apresentado em três partes, devido às suas 5 horas de duração. O espectador que não se intimide. Este é um convite maravilhoso que começa agora eContinuar lendo “Inspiração | Ryusuke Hamaguchi”

Livro | Manuel de Barros | Ensaios Fotográficos

Difícil fotografar o silêncio. Entretanto tentei. Eu conto: Madrugada, a minha aldeia estava morta. Não se via ou ouvia um barulho, ninguém passava entre as casas. Eu estava saindo de uma festa,. Eram quase quatro da manhã. Ia o silêncio pela rua carregando um bêbado. Preparei minha máquina. O silêncio era um carregador? Estava carregandoContinuar lendo “Livro | Manuel de Barros | Ensaios Fotográficos”

Livro | A Câmara Clara | Roland Barthes

Roland Barthes termina a sua obra derradeira com o vislumbre de duas escolhas possíveis na Fotografia: a fotografia do realismo contingente a preocupações de teor estético e empírico ou a fotografia do realismo puro e absoluto, aquela que transporta consigo “o despertar da inacessível realidade” leia mais edição original:   https://nunonogueiraferreira.wordpress.com/2009/04/27/a-camara-clara-roland-barthes-1980/

Livro | Filosofia da Caixa Preta | Vilém Flusser

Quem escreve precisa de dominar as regras da gramática e da ortografia. O fotógrafo amador apenas obedece a «modos de usar», cada vez mais simples, inscritos no lado externo do aparelho. democracia é isto. Deste modo, quem fotografa como amador não pode decifrar fotografias. A sua «praxis» impede-o de fazê-lo, pois o fotógrafo amador, crêContinuar lendo “Livro | Filosofia da Caixa Preta | Vilém Flusser”

Inspiração | Edward Hooper | (Shirley – Visions of Reality)

Sabemos muito sobre a obra de Hopper porque ele mantinha uns cadernos com os esboços preliminares, e outro onde fazia um desenho da obra acabada. E sua mulher, a Josephine, fazia uma descrição da tela, da técnica, e quem tinha comprado a obra e o preço. FILME: Obras de Edward Hopper ganham vida em filme:Continuar lendo “Inspiração | Edward Hooper | (Shirley – Visions of Reality)”

Inspiração | Ansel Adams (+ John Sexton)

  “A arte é tanto amor e amizade, e compreensão; o desejo de doar. É ao mesmo tempo dar e receber beleza, a transformação da luz nas dobras internas da consciência do espírito.” Ansel Adams, em carta a Cedric Wright. “Eu fui capaz de realizar uma imagem como desejava: não a forma como aparecia naContinuar lendo “Inspiração | Ansel Adams (+ John Sexton)”

Inspiração | Ricardo Basbaum

A definição de “artista-etc.” de Ricardo Basbaum – artista participante da 30ª Bienal – é um ponto de partida interessante para entender o seu trabalho e o seu papel como artista: Hoje, a maioria dos artistas (digo, aqueles interessantes–) poderia ser considerada como ‘artistas-multimídia’, embora, por ‘razões de discurso’, estes sejam referidos somente como ‘artistas’Continuar lendo “Inspiração | Ricardo Basbaum”

Inspiração | William Eggleston

. . William Eggleston (Memphis, Tennessee, 27 de julho de 1939) é um importante fotógrafo norte-americano muito conhecido por conseguir o reconhecimento da fotografia a cores como modo de expressão artística digno de exposição em galerias de arte. (…) . A word about color. Color is absolutely crucial to his vision, it is part ofContinuar lendo “Inspiração | William Eggleston”

Inspiração | Michael Lange

. . Michael Lange: When one wishes to do a personal project one has to be willing to open up to private stuff and to go deep. In order to go deep it’s good to have a safe base. Since my early childhood the woods have been a safe base. At my family home thereContinuar lendo “Inspiração | Michael Lange”

Inspiração | Tsai Ming Liang

. . Tsai Ming-Liang (蔡明亮, Kuching, 27 de outubro de 1957) é um cineasta malaio. Tsai Ming-liang is, perhaps, one of the world’s most interesting contemporary filmmakers; with works that usually delve into the loneliness and alienation of individuals, he has created an utterly unique filmography that imparts a tone to the masses, one ofContinuar lendo “Inspiração | Tsai Ming Liang”

Inspiração | Masao Yamamoto

. . Masao Yamamoto (山本昌男 Yamamoto Masao, born 1957 in Gamagori City in Aichi Prefecture, Japan) is a Japanese freelance photographer known for his small photographs, which seek to individualize the photographic prints as objects. . . . . .

Inspiração | Shiro Kuramata

. . Shiro Kuramata (29 November 1934 – 1 February 1991) is one of Japan’s most important designers of the 20th century. he combined the japanese concept of the unity of the arts with his fascination with contemporary western culture, inventing a new design vocabulary: the ephemeral, the sensation of floating and release from gravity, transparencyContinuar lendo “Inspiração | Shiro Kuramata”

Inspiração | Issey Miyake

. . Issey Miyake, was born 22 April 1938 in Hiroshima, Japan. As a seven year-old, he witnessed and survived the atomic bomb dropped on Hiroshima on August 6, 1945.[2] He studied graphic design at the Tama Art University in Tokyo, graduating in 1964. … In the late 1980s, he began to experiment with newContinuar lendo “Inspiração | Issey Miyake”

Inspiração | Eikoh Hosoe

. . Eikoh Hosoe (細江 英公 Hosoe Eikō), born 18 March 1933 in Yonezawa, Yamagata. is a Japanese photographer and filmmaker who emerged in the experimental arts movement of post-World War II Japan. He is known for his psychologically charged images, often exploring subjects such as death, erotic obsession, and irrationality. Through his friendships andContinuar lendo “Inspiração | Eikoh Hosoe”

Inspiração | Yasujiro Ozu

. . Yasujiro Ozu é um dos cineastas japoneses mais cultuados em todo o mundo. Sua fama se construiu por meio de filmes de notável rigor formal, que retratavam, ao mesmo tempo, as tradições e as mudanças do Japão ao longo das décadas, sempre com delicadeza e poesia. Mesmo após sua morte, em 1962, oContinuar lendo “Inspiração | Yasujiro Ozu”

Inspiração | Andreas Gursky

. . Andreas Gursky (nascido em 15 de janeiro de 1955) é um artista visual alemão conhecido por fotografar arquitetura de grande formato, à cores, muitas vezes empregando um ponto de vista elevado da paisagem. (ler mais) . Andreas Gursky photography One of the most famous of the contemporary art photographers is Andreas Gursky. GurskyContinuar lendo “Inspiração | Andreas Gursky”

Inspiração | Tatsuo Miyajima

. . . http://www.tatsuomiyajima.com . Best known for his haunting installations of red LED digital counters, Tatsuo Miyajima’s largest solo show in Japan for nearly a decade reveals the artist’s recent exploration of a more socialized artistic practice, while remaining focused on death, life, and the possibilities of art in-between. ‘Art in You’ is notContinuar lendo “Inspiração | Tatsuo Miyajima”

Inspiração | Willys de Castro

. . Willys de Castro (Uberlândia MG 1926 – São Paulo SP 1988). Pintor, gravador, desenhista, cenógrafo, figurinista, artista gráfico. . Muda-se para São Paulo em 1941, onde estuda desenho com André Fort. Entre 1944 e 1945, trabalha como desenhista técnico e, em 1948, forma-se em química. Em 1950, inicia estágio em artes gráficas eContinuar lendo “Inspiração | Willys de Castro”

Inspiração | Yoko Ono

. . Instruction pieces and Grapefruit The instruction pieces have been printed in the different versions of her book of instructions, Grapefruit, and in book published by Weatherhill in 1995, Yoko Ono: Instruction Paintings. In 1999, Yoko Ono created a new set of instruction paintings: Imagine, Yes, Touch, Fly, Breathe, Reach, Forget, Feel, Dream, Open,Continuar lendo “Inspiração | Yoko Ono”

Inspiração | Olga Savary

. . CERNE Nada a ver com fonte mas com a sede Nada a ver com repasto mas com a fome Nada a ver com plantio mas com a semente. . O DESEJO ABSOLUTO Criar o amado Sem a injustiça da forma Sem o egoísmo do nome. . ENQUANTO Sou inconstante como o vento SouContinuar lendo “Inspiração | Olga Savary”

Inspiração | Chris Marker

. . A possibilidade de romper com relações estabelecidas e propor novas abordagens é uma das características dos trabalhos de Marker. … ele dividiu o mundo em listas de coisas elegantes, coisas tristes, coisas que não valem a pena filmar e coisas que fazem bater o coração. … ele rouba olhares como um trombadinha rápido,Continuar lendo “Inspiração | Chris Marker”